x
  • Olá, o que deseja buscar?

Notícias atualize-se e recomende!

Concurso MPU: déficit de mais de 1.600 servidores exige agilidade nos preparativos 09/08/2017


          Em breve, MPU abrirá concurso público. Foto: Divulgação


 


O MPU tem déficit atual de 1.626 servidores, sendo 481 técnicos administrativos e 1.145 analistas em Direito, cargos que serão contemplados no concurso MPU 2017.



Tendo em vista tamanha necessidade de pessoal e o fim da validade da última seleção, no dia 5, o Ministério Público da União (MPU) precisa correr para divulgar o edital.




Isso porque sem um concurso válido, o MPU não pode contratar aprovados para suprir necessidades de pessoal, como aposentadorias, por exemplo. Sem uma seleção válida, portanto, o órgão deverá agilizar os preparativos para, o quanto antes, poder contratar novos servidores.




O último concurso do órgão, realizado em 2013, não bastou para reduzir as suas carências. Dados de julho do Portal de Transparência dos quatro ramos que formam o MPU mostram que, considerando os dois cargos (técnico administrativo e analistas em Direito), o déficit de pessoal é de 1.626 servidores, dos quais 481 técnicos e 1.145 analistas.




Essa grande necessidade de pessoal só poderá ser suprida por meio do novo concurso, em preparação. O ramo do MPU com maior carência, conforme tradição, é o Ministério Público Federal (MPF). Faltam 1.539 servidores, sendo 437 técnicos administrativos e 1.102 analistas em Direito.




No Ministério Público do Trabalho (MPT), o déficit é de 74 profissionais, sendo 31 técnicos e 43 analistas. O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) tem carência de dez técnicos, e o




Ministério Público Militar (MPM), de três técnicos. Os aprovados no concurso MPU 2017 poderão ser lotados em qualquer um desses ramos (MPF, MPT, MPDFT e MPM), de acordo com a escolha da lotação do candidato e as necessidades do órgão. Entenda cada um deles.




 





 


E a tendência é, até a divulgação do edital do concurso MPU 2017, essas necessidades aumentarem, tendo em vista as aposentadorias rotineiras. Por isso, a perspectiva é de muitas contratações. O histórico de convocações no MPU confirma isso.




Em 2013, foram chamados 4.121 aprovados (28 vezes mais do que a oferta de vagas - 147), sendo 2.605 técnicos administrativos e 1.516 analistas em Direito. Veja quantos excedentes foram chamados por estado em 2013.



 

O cargo de técnico administrativo exige apenas o nível médio e tem ganhos de R$7.260,41. Já a função de analista em Direito exige graduação na área e tem remuneração de R$11.345,90.

 

MPU fecha vagas e cronograma


A Secretaria de Comunicação Social da Procuradoria Geral da República (PGR), vinculada ao MPU, informou que o número de vagas do concurso "será informado em breve". Além disso, a comissão responsável pela seleção também estuda o cronograma. Tendo em vista o déficit de pessoal, a expectativa é de boa oferta de vagas.



O MPU já confirmou também que o concurso será nacional. Os selecionados no concurso MPU 2017 serão contratados pelo regime estatutário, que assegura a estabilidade. Além disso, o MPU oferece vários benefícios aos servidores, que tornam seus concursos ainda mais atrativos.








Acesse também nossos perfis nas redes sociais:





Youtube: https://www.youtube.com/user/souconcurseiro


 


Notícias

Neste espaço você encontrará notícias mais atualizadas sobre concursos públicos, processos seletivos, vagas de estágio e vagas de emprego, na forma de notícias, artigos, editais e orientações de preparação.

Siga nossas redes sociais:

Instagram: @souconcurseiro

Facebook: https://www.facebook.com/souconcurseiroevoupassarcursos

Youtube: https://www.youtube.com/user/souconcurseiro1